/home/claudio

Redes “sociais”?

Posted in Outros by cbrisighello on março 26, 2011

Videozinho de naipe viral sobre o Facebook – bom complemento pro filme homônimo.

É apenas um lembrete sobre como a ferramenta se encaixa às implicações da vida moderna (falta de tempo, voyeurismo, status social, exibicionismo do ego, fofocas, etc.), e não nego as boas intenções como reencontrar pessoas ou compartilhar coisas bacanas independente da barreira da distância.  Já fiz o meu balanço e não tenho mais conta no Orkut ou Facebook, mas quem sou eu para tomar partido se aqui estou com um blog? Enfim, cada um escolhe o seu nível de intoxicação digital

Mas é importante também sacar como uma rede social gigante como o Facebook pode conduzir o ingênuo conceito de conectar pessoas.  Catalogar perfis em uma escala mundial é uma ferramenta bombástica. O botãozinho do “Like” (Curtir), por exemplo, é uma idéia genial, que pode antecipar tendências ou até mesmo coagir demandas com uma precisão demográfica que faria um IBGE se reduzir à uma pedra lascada. As interações sociais do Facebook fazem de seus usuários inconscientes garotos-propaganda contribuintes daquele famoso combustível que acelera essa merda toda: o lucro. Mas dinheiro por si só é uma outra e longa história… melhor eu parar por aqui.

Aproveito o tema reflexivo para desejar uma boa “hora do planeta”! (que ela se estenda para ações no dia a dia :-)

3 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Patricia Mattos said, on março 27, 2011 at 2:57 am

    FANTÁSTICO!!
    Eu posso dizer com muito orgulho que resisti ao Facebook com bravura, apesar de vários pedidos de entrada e ao Twiter tb, pois como disse Lulu Santos em entrevista a Marília Gabriela: “- Não quero ninguém me seguindo”.
    Continuo no meu velho e atualmente esquecido Orkut por conta de tantas e tantas fotos que estão lá relacionadas ao meu trabalho, mas a tendência é que eu o largue tb e fique assim como vc, somente com um blog.
    Acredito que isso já esteja de bom tamanho e me baste.
    Sou de uma geração que as amizades se davam na rua e por telefone.
    Época muito saudosa!
    Fui criada em fazenda, com horta, árvores frutíferas, riachos e muitos animais.
    LIVRE!
    Eu e a natureza! Muitas cigarras cantando e pés descalços no chão de terra.
    Simples assim!
    Eu era muito feliz e daria tudo que tenho hoje para voltar aquela vida de fazenda com leite fresco tirado da vaca.
    Subindo nas árvores para pegar frutas!
    E tocando violão!
    Ô vidão!!
    Aproveitem tudo que a natureza pode lhes oferecer junto com a paz, pois vcs fizeram por assim merecer.
    Bjos enormes e muita saudade dos dois,
    Patty Mattos.

    • cbrisighello said, on março 27, 2011 at 12:30 pm

      Valeu pelo depoimento Patty – linda mensagem – que só me faz crer mais que eu deveria ter nascido em outra época…
      Grande abraço proceis!!

  2. […] no FB e ver isso. Tudo é compartilhado, curtido e visto. Encima disso, o Cláudio fez um excelente post sobre assunto no blog dele. Mas em tempos modernos, o grande lance está não só em TO SHARE virtualmente, mas sim […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: