/home/claudio

Guru do Meyer

Posted in Outros by cbrisighello on março 29, 2012

Mais um que se foi, mais lacunas se formando nesse mundo. Essa entressafra de gerações me preocupa… ou haverá um novo Millôr no mundinho do facebook? O exagero da comédia “Idiocracy” me vem à mente agora.

A morte mata. É sua função e ela a exerce. Ao contrário da vida. Não existe a expressão “a vida vive”. A morte me apavora. Não só a morte final. Também, e sempre, a morte diária, o resgate, tento a tento, do tempo que me deram de vida. A hora que passa. O instante que flui. Ah, já falei tanto sobre isso. “Morro mas morre o mundo comigo.” Que compensação! (1958)
extraído de seu “Millôr Definitivo

 

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. ITO said, on março 29, 2012 at 11:01 pm

    Realmente uma grande perda… outro recente que doeu bastante foi o Moebius.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: